× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ou ligue para (41) 3154-4855
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail






Confira dicas especiais para preservar o seu jaleco

Confira dicas especiais para preservar o seu jaleco

Seja em consultórios médicos ou odontológicos, manter a biossegurança é um dos procedimentos necessários para que a proteção do profissional, assim como a de sua equipe e de seus pacientes, esteja garantida. E os cuidados com o jaleco estão inseridos nesse conjunto de medidas que devem ser adotadas por todos os estabelecimentos de saúde.

Existem diversos cuidados a serem tomados, tanto com luvas, óculos, máscara, gorro, uso de materiais descartáveis, além da desinfecção das superfícies e esterilização dos equipamentos. Porém, é fundamental que o jaleco também não seja ignorado pelo profissional, durante esses procedimentos específicos.

Dessa maneira, ter atenção a todos esses detalhes, além de evitar contaminações e infecções cruzadas, previne a disseminação de diversos agentes patogênicos. Com isso, o seu consultório estará muito mais seguro e apropriado para a realização dos tratamentos de saúde.

Assim sendo, para que você mantenha os cuidados constantes com o seu jaleco, confira no texto abaixo algumas dicas de cuidados essenciais para você dar toda a atenção possível e evitar a proliferação de vírus e bactérias.

Higienizar adequadamente

Levar o jaleco para higienizar em casa não representa nenhum problema, desde que os procedimentos corretos sejam tomados. Ele deve ser retirado pelo avesso e colocado em uma embalagem individual, para não sofrer nenhum contato com o ambiente externo.

Desse modo, na hora da sua higienização, ele não deve ser misturado com outras peças, pois é necessária que a sua limpeza seja feita isoladamente. Para realizar o procedimento, o jaleco deve ficar de molho em uma solução de água e hipoclorito por, pelo menos, uma hora.

Depois de todo esse processo, pode-se lavar a peça normalmente com sabão, sendo que o uso de um alvejante à base de peróxido de hidrogênio também é permitido, pois reduz o amarelamento causado por conta do hipoclorito. Lembre-se de deixá-lo de molho em uma combinação de água e álcool, seguindo com a secagem e demais cuidados.

Elimine todas as manchas

A retirada de manchas de um jaleco é um procedimento importante e que deverá ser adotado sem nenhuma parcimônia. Por ser da cor branca, que transmite a imagem de higiene e limpeza, é muito importante que ele esteja sempre impecável.

Especialmente em relação aos dentistas, os jalecos podem apresentar manchas de sangue ou suor, prejudicando o aspecto da peça, e demonstrando uma clara falta de cuidado e higiene. Desse modo, é preciso que a limpeza seja realizada com todo o afinco.

Em relação às manchas de suor, o amarelamento ocasionado por ele pode ser eliminado utilizando-se uma solução caseira de amido de milho e água fria. Após preparar a pasta, coloque-a sobre a mancha, esfregando de forma leve.

Já sobre as manchas de sangue, elas podem ser eliminadas colocando-se a peça de molho em uma solução de água morna com vinagre, ou com bicarbonato de sódio. Esses produtos são conhecidos por reagirem com as moléculas, eliminando não apenas a tonalidade, mas também os odores.

Conclusão

Existem diversos procedimentos que podem ser tomados para garantir a qualidade do jaleco, entre eles o transporte correto da peça, além dela ser guardada em local arejado e apropriado. De toda forma, o mais importante é sempre realizar a limpeza e higienização constante, para que ela dure por muito tempo.

Summary
Confira dicas especiais para preservar o seu jaleco
Article Name
Confira dicas especiais para preservar o seu jaleco
Description
Seguir alguns cuidados com o jaleco podem garantir uma maior durabilidade, cuidado e higiene com a peça.
Author
Publisher Name
Unifors
Publisher Logo

Share this post